domingo, 6 de fevereiro de 2011

Bota lenha na fogueira

Bota lenha na fogueira, que o fogo eu levo já,
To chegando, já to indo, me espere; chego já.
Bota lenha na fogueira, tudo que tem pra queimar,
Tira a saia, tira a blusa, tira tudo que tem pra tirar.
Bota lenha na fogueira, to levando um rojão,
Pra quando a luz apagar, agente se rolar no chão.
Bota lenha na fogueira, que a festa vai começar,
To indo amor, pra casa, pra gente poder se amar.
(Márcia Mascarenhas)

3 comentários:

Principe disse...

A lenha na fugueira foi botada e fogo encendiou. Foram tantas labaredas...que o universo inteiro ficou iluminado com a forca desse fogo eterno que nos move, nos encanta cada dia e nos inspira a seguir persistindo sempre.Bjssss. Adorei. rssss. Você é realmente, simplesmente demais. I love you

Lúu Almeida disse...

Sempre teu essas coisas.. belas!

Flores!

Ana Candida disse...

Parabés, belo texto!!!