terça-feira, 9 de novembro de 2010

A ultima flor

A ultima flor que  me destes 
Não foi uma flor qualquer
Arrancada de bosques e montes
Era aquela flor, recorda-te mulher.
A ultima flor que me destes
Será sempre guardada, em meu coração
Lembrando os momentos de amores
As cores, as flores, a declaração.
A ultima flor que me destes, querida
Foi a flor da despedida, 
A flor que me trouxe em memoria 
A nossa grande, bela historia.
(Márcia Mascarenhas)

"Flores de plástico não morrem."