domingo, 27 de março de 2011

Olhos nos olhos

Meus olhos não podiam o encarar
Pois no meu olhar, estava explicito o amor que
havia em mim, e que era só dele....

(Márcia Mascarenhas)

7 comentários:

Léo Santos disse...

Mas uma encarada tem o seu valor. É necessária certa coragem, mas, um cruzar de olhos mexe com os demômios da gente.

Um abraço!

AC Silva disse...

Muito bonito esse poema,mostra q uma mulher realmente apaixonada,só pelos olhos pode colocar todo seu segredo a perder.

Eliane Accioly disse...

Muito feliz por estarem comigo!
Meu eu lírico cresce com vocês!

Karine Melo disse...

Adoreeei!

PriscilaRosa disse...

MahJah!!!! bom te achar por aqui...seus textos são lindos!! =)
Segue de lá que eu sigo de cá!! Beijoss imensos!

Poeta del Cielo disse...

muito lindas suas letras quanto sentimento en cada uma lindas de se leer belas de se sentir... obrigado por compartihar elas,,..

cheguei a seu blog por uma amiga en comun...muito lindo o sentir de suas letras parabens amiga,,

permiso pra le seguir...


saludos
otimo fim de semana
abracos

LEANDRO CHH disse...

Olá,Mah.
Gostei muito do trabalho em seu blog, pois aborda temas variados em seus posts. Já estou seguindo seu blog, se desejar conhecer meu trabalho de estudos historicos o endereço é http://www.construindohistoriahoje.blogspot.com
Um abraço,
Leandro