sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Umas soltas, frases

Divido energias
Submissa aos sonhos
Infinita de não gramáticas
Face alternada
Banhada de mascaras
Lamentações da péssima vida
Impressões nada agradáveis
Ouvido nada apurado
Consolo no mundo
Consolo no céu
Timidez repugnante
Sorriso falsário
Fingidora
Canalha
Olhar de cima pra baixo
Não me toque
Sou alem humano
Procuradora de não palavras
Desastrada em imagens
Sentimentaloide de botequim
Vendedora de almas ignobeis
Sucessora de Van
Pensadora- pseudo
Psicopata disfarçada
Mestre dos disfarces
Pescadora de Pseudo- Paisagistas
Fazendo apologia ao nada

Márcia Mascarenhas

3 comentários:

Pequeno Hans disse...

"Banhada de mascaras"

Heh

é tua cara.

Salete Maria disse...

Muito boa sua escrita, moça!
Informamos que lá no Cordelirando tem uma homenagem aos pais, através de um cordel de Salete Maria para seu pai!
Ah! Também estamos seguindo seu blog, viu?
Abraços!

Stº Lorac disse...

Massa!1 Gosteiii.
Beijos