segunda-feira, 12 de abril de 2010

Sem nome

Sinto a mente vazia
esperando pelo que não se pode dizer
como um néscio sem direção
como uma flor sem água
sinto o peito cheio
dilatando laços imaginários
consumindo a vida dissonante
refletindo essa paz fugaz
meu peito foi despejado
nada mais se encerra nele
minha mente foi dilatada
tudo se passa nelaver, tem me feito pensar
pensar, me tem feito enxergar
Tiago Sousa

4 comentários:

Coelhinho Feliz disse...

ainda nao me acustumo com esse blog se mas tudo bem.... é bem "bonitinho"
e apesar da falta de bunda e peito ainda te acho gostosa.

Coelhinho Feliz disse...

mah, da onde voce teve a ideia do seu blog?

Medusa disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkk
Canalha...
A ideia do meu blog...deve ter vindo da minha cabeça...Mas ..se quem fez ele não foi eu??? Foi meu eu Lirico ;)

Isadora disse...

Nossa seu blog está lindo,você trabalha muito bem com as palavras.
Estou te seguindo também.
http://isamichelly.blogspot.com/ pode dar uma conferida no meu?