terça-feira, 25 de agosto de 2009

Poema à um sedutor


Poema à um sedutor

Seu suor me atiça
Seu olhar enfeitiça
Sou sua poeta, sua mulher, sua atriz
Seu corpo em mim
Pode mais do que qualquer um diz
Sua fala me envolve
Me coleta e me examina
Sorriso e lembrança
Me faz ser menina
Quem dera eu um dia
Em teus lábios, voar
Gozar do teu gosto
Cair no delírio de te devorar.
Sentir tua alma a balanças os teus cabelos
E você como um lobo, traçar eu, coelho
Lobo que és quando grita, me olha e excita
Com seu lírico, poeta
Deixa eu ser sua profeta
Escrever sua linha incerta,
E te desmascarar
Te provar
Que o meu sabor
Junto ao teu sabor igual não há
Um tempero tão intenso
Misturado a vinho e incenso
A noite vem apimentar!

By: Mah Jah Jah

Bjsmeliga :D